6 de fev de 2012

You're the one I love



- sabes o que que eu vejo quando olho para ti? alguém lindo, único, engraçado, ciumento, alguém diferente, alguém estranho, alguém com medo, alguém apaixonado, no fundo quando olho para ti vejo uma pessoa perfeita. Não perfeita por não ter defeitos mas sim perfeita por teres os defeitos que tens, sim porque tens um monte deles, um monte de defeitos que eu ao longo de três anos aprendi a amar e a aceitar, acho sinceramente que se não os tivesses não eras tão especial.
és a melhor pessoa que eu conheço, a pessoa que melhor me conhece, a pessoa que sabe cada traço meu mesmo sem me olhar, sem me tocar. Sabes o que eu gosto, o que eu detesto, sabes os meus medos, as minhas alegrias, enfim sabes tudo.
já to disse milhentas vezes, mas, eu sei, eu sei que já fui muito cabra contigo, já te fiz e disse as piores coisas que alguém que amamos nos pode dizer, eu sei que já cometi erros, que nem hoje estão totalmente esquecidos, eu sei, eu sei que não te mereço, que mereces bem melhor, sei que mereces alguém que seja alta, loira, olhos azuis, que tenha um corpo perfeito e um sorriso branquinho e lindo, que tenha amigos populares, que saiba fazer tudo, que seja uma modelo... pois eu sei, mas infelizmente eu não sou assim, por muito que queira não sou, lamento... porem, posso não ser a miúda perfeita mas sou a miúda que hoje te mais ama. Com erros, com zangas, com discussões, com gestos estúpidos, mas sou.
e sabes eu só lamento ter percebido o que tu eras para mim já tarde, não foi tarde demais, mas foi tarde, sinto-me estúpida por nunca ter visto o que realmente eras, por nunca ter percebido que era ali, bem diante dos meus olhos grandes e castanhos que estava o meu príncipe. porque sim, tu és e serás sempre o meu príncipe, embora tenhas dito que não o eras por não seres o modelo ideal de rapaz para mim és e ponto.
tenho-te a agradecer por todas as vezes que me fizeste rir, que me aturas-te em quanto eu te falava dos meus namorados ( eu sei que te custava) por todas as vezes que já me fizeste chorar de felicidade, por todos os momentos incríveis que me proporcionas, por seres o meu namorado.
ah, já me ia esquecendo, desculpa, desculpa todas as vezes que te ignoro, que te faço sofrer, por todas as vezes que já te fiz derramar uma lágrima por mim, por todas as coisas ditas sem sentido...
amo-te, amo-te e amo-te, e olha uma coisa: eu nunca mas nunca mais te vou trocar por rapaz algum, nunca amor.

3 comentários:

Anônimo disse...

deste texto gosto :$
AMO-TE ! <3

(jq)

Catarina. disse...

eu sei que sim, meu. :$
AMO-TE! <3

InêsSeixas' disse...

lindoo o:
sigo *